UOL: receita de publicidade e outras cresceu 43%

O portal de internet mais tradicional do Brasil, único com ações negociadas em Bolsa de Valores e dados totalmente auditados de forma independente, anunciou ontem os resultados para o segundo trimestre de 2010. Os dados são eloquentes:

 

• A receita de publicidade e outras foi de R$ 140,2 milhões no segundo trimestre de 2010, representando um crescimento de 43% sobre o mesmo período de 2009.

 

• No acumulado para o semestre o EBITDA (“earnings before interest, taxes, depreciation and amortization”; em português: "lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização”) totalizou R$ 45,5 milhões, o que representa um aumento de 35% sobre o segundo trimestre de 2009/

 

• A margem bruta foi de 70% no segundo trimestre 2010, e quando comparada ao mesmo período do ano anterior representa aumento de 5 pontos percentuais..

 

• O lucro líquido no segundo trimestre de 2010 foi de R$ 31,1 milhões, representando um aumento de 31% sobre o mesmo período de 2009.

 

• A base de assinantes pagantes atingiu 1,7 milhão no primeiro trimestre de 2010. Do total da base de clientes, 1,3 milhão eram assinantes de Banda Larga, representando um crescimento de 3% sobre a base de assinantes do primeiro trimestre de 2009. O número de assinantes pagantes de banda larga aumentou em 3,2% se comparado com o primeiro semestre do ano de 2009.

 

• Com relação ao crescimento de audiência, o UOL obteve crescimento acima do mercado. Em junho de 2010, atingiu 2.152 milhões de páginas vistas, crescimento de 26% na comparação com o mesmo período de 2009, com tempo médio de permanência online de 1h:15min:32seg, e 20,6 milhões de visitantes únicos de acordo com as medições do painel Home do IBOPE Nielsen Online.


Os dados completos estão no site de relacionamento com investidores do UOL

 

Quer seguir o blog no Twitter? Aqui